letras

1 • GARDÊNIAS E HORTÊNSIAS 

Zé Miguel Wisnik sobre poema de Paulo Leminski

BX-GTT-15-00001 • 4’42”

 

gardênias e hortênsias

não façam nada

que me lembre

que a este mundo eu pertença

 

deixem-me pensar

que tudo não passa

de uma terrível coincidência

 

[2014]

 

SUBIR MAIS

Zé Miguel Wisnik e Paulo Leminski

 

subir

no raio de uma estrela

subir até 

sumir

subir até sumir

no brilho puro

subir mais

subir além

subir mais

subir além

além de toda treva de toda dor

além de toda treva de toda dor

deste mundo

(até chegar aqui)

 

[1989]

 

Ná Ozzetti . vocais

Zé Miguel Wisnik . piano, órgão farfisa e voz

Guilherme Kastrup . bateria

Sérgio Reze . bateria

Marcio Arantes . baixo synth, guitarras e sampler

 

----- • -----

 

2 • SIM, SEI BEM

Zé Miguel Wisnik sobre poema de Fernando Pessoa

BX-GTT-15-00002 • 4’44”

 

sim, sei bem

que nunca serei alguém

sei de sobra

que nunca terei uma obra

sei, enfim

que nunca saberei de mim

sim, mas agora

enquanto dura esta hora

este luar, estes ramos

esta paz em que estamos

deixem-me me crer

o que nunca poderei ser

 

[2009]

 

Ná Ozzetti . voz

Zé Miguel Wisnik . piano e vocal

Sérgio Reze . bateria

Marcio Arantes . baixo synth

Teco Cardoso . flauta 

Léa Freire . flauta baixo

Luca Raele . clarinete 

Marcelo Jaffé . viola 

Arranjo de sopros e cordas

Tiago Costa

 

----- • -----

 

3 • ALEGRE CIGARRA

Zé Miguel Wisnik e Paulo Neves

BX-GTT-15-00003 • 3’40”

 

alegre cigarra

teu canto é verão

fazendo algazarra 

no meu coração

 

feliz como fábula

de tão folgazã

um sonho sem mácula

no sol da manhã

 

o tempo se agarra

na tua estação

alegre cigarra 

redondo verão

 

[1979]

 

Ná Ozzetti . voz

Zé Miguel Wisnik . piano e órgão de tubos

Guilherme Held . guitarra

Guilherme Kastrup . bateria 

Sérgio Reze . pratos

Marcio Arantes . baixo elétrico

 

----- • -----

 

 

4 • MIRAGEM

Zé Miguel Wisnik e Marina Wisnik

BX-GTT-15-00004 • 5’30”

 

se o outro lado do espelho esconde a sombra que não há

e o vazio está sujeito nesse instante a encontrar

sua imagem fugaz tão perfeita feita de matéria clara

é claro que eu não me iludo

isso não é conteúdo real

 

se o que vi ouvi ou vejo sinto e tenho no passado

e a nossa mente reinventa como tendo imaginado

foi miragem no reflexo do espelho revisitado e vai

talvez de volta pra fonte 

linha sem horizonte não sei

 

ser só passagem 

sentir 

a outra imagem reluz 

no sopro de um momento

estar na viagem 

rever 

a outra margem você 

e o céu azul em movimento

 

[2011]

 

Ná Ozzetti . voz 

Zé Miguel Wisnik . piano e vocais

Guilherme Kastrup . bateria 

Sérgio Reze . bateria e gongos melódicos

Marcio Arantes . baixo elétrico, guitarras e vocais

 

----- • -----

 

5 • SOM E FÚRIA

Zé Miguel Wisnik e Paulo Neves

BX-GTT-15-00005 • 3’44”

 

dura, vida

mais que o sol

mais que o tempo

mais que o sonho

dura durante infinita em som e fúria

 

teu propósito é durar

na lembrança de ti mesma

e a doçura só de uns olhos

conta mais que o tempo todo das estrelas

 

dura, vida

mais que o sol

mais que o tempo

mais que o sonho

 

[1992]

 

Ná Ozzetti . voz 

Zé Miguel Wisnik . piano e vocais

Alfredo Rezende . erhu

Sérgio Reze . bateria e gongos melódicos

Guilherme Kastrup . berimbau

Marcio Arantes . baixo acústico e guitarras

 

----- • -----

 

6 • MOMENTO ZERO

Zé Miguel Wisnik

BX-GTT-15-00006 • 4’19”

 

não sei se longe

ou bem aqui

o teu olhar se mira

 

num mundo tão avesso

que eu não sei se conheço

ou nunca vi

 

não sei que cisma

em que se abisma

se tem início ou fim

 

se é onde alguém atinge

o degrau da esfinge

que tem em si

 

olhar perdido 

não sei se finge

ou se é pura vertigem

 

momento zero 

em que te perco

e em que te recupero

no círculo sem centro

e na dor que tem dentro

mas não se diz

 

olhar perdido 

não sei se finge

ou se é pura vertigem

 

não sei se longe

ou bem aqui

o teu olhar se mira

*

instante mudo

no instante mudo

sem razão nem raiz

 

nada te peço 

nem te confesso

somente estou aqui

 

[1992]

 

Ná Ozzetti . voz

Zé Miguel Wisnik . piano

Sérgio Reze . bateria e gongos melódicos

Marcio Arantes . baixo acústico, baixo elétrico,

synth, clavinete e guitarra

 

----- • -----

 

7 • SINAL DE BATOM

Zé Miguel Wisnik e Alice Ruiz

BX-GTT-15-00007 • 3’08”

 

esse sinal de batom

num guardanapo

pode bem ser de um beijo

mancha num trapo

pode querer dizer nada

ou então dizer que eu te aguardo

 

a boca no pano mudo

sinal que faço

desejo e pano de fundo

que eu disfarço

dor que nem bem se escondeu

que ninguém vê ou só eu

e alguma tarde você

 

[1988]

 

Ná Ozzetti . voz

Zé Miguel Wisnik . piano 

Sérgio Reze . bateria

Marcio Arantes . baixo elétrico

 

----- • -----

 

 

8 • NOTURNO DO MANGUE

Zé Miguel Wisnik sobre poema de ©Oswald de Andrade

BX-GTT-15-00008 • 5’09”

 

noite hetaira

vistosa palmeira

engalanada

enjaulada no lodaçal

 

leque nu

hetaira calma 

esculpida

na ventarola do canal

 

cá embaixo a rua cheia

lá em cima a lua cheia

cá embaixo a rua cheia

lá em cima a lua cheia

cá em baixo a rua cheia

lá em cima a lua cheia

 

noite hetaira

calma ventarola

verola

e o mar que mais parece um caramujo cor de chumbo

plúmbeo

e o mar que mais parece um caramujo cor de chumbo

plúmbeo

há um grande cansaço de explicar o mar

há um grande cansaço de explicar o mar

há um grande cansaço de explicar 

há um grande cansaço de explicar o mar

 

[1994]

 

Participação especial

Arnaldo Antunes . voz 

Ná Ozzetti . voz

Zé Miguel Wisnik . piano

Swami Jr . violão

Guilherme Kastrup . bateria e percussão

Sérgio Reze . bateria e gongos melódicos

Marcio Arantes . baixo elétrico

Ivan Sacerdote . clarone

Jean Marques . fagote 

André Becker . flauta em sol

João Teoria . flugelhorn

Arranjo e arregimentação de sopros

Letieres Leite

 

----- • -----

 

9 • A OLHOS NUS

Zé Miguel Wisnik

BX-GTT-15-00009 • 4’05”

 

uma vez amanheceu

meu pai mostrou o céu

onde nasceu redondo o sol

abrindo um rombo no azul

abrindo um sonho

abrindo um tambor de luz

 

que enchesse a fábrica

com seu óleo cru

e penetrasse os sonhos da família

a olhos nus

raios de luz

trabalhando o dia

raios de luz

trabalhando o dia

raios de luz

trabalhando o dia

raios de luz

aquele dia

raios de luz

meu pai mostrando o sol

um rombo azul

a olhos nus

raios de luz

 

[1978]

 

Ná Ozzetti . voz e vocais

Zé Miguel Wisnik . piano e vocais

Sérgio Reze . bateria e gongos melódicos

Guilherme Kastrup . bateria e percussão

Swami Jr . baixo elétrico

Marcio Arantes . guitarras e guitarra 12 cordas

 

----- • -----

 

10 • ORFEU

Zé Miguel Wisnik

BX-GTT-15-00010 • 4’33”

 

quando tudo faz lembrar

guardar comigo um bem que se perdeu

quando chove como hoje choveu

repara bem, meu bem, que é para consolar

toda dor que nada pode reparar

nem poderá

nem a luz do sol e a terra que nos faz 

girar, girar

 

então faz acreditar

mesmo um segundo tudo vai voltar

mas se arrisca teu olhar pra atrás

encara sem receio o escuro e o nunca mais

depois vai seguindo assim sob este céu

azul sem fim

e você é onde se guardou em mim

a música

 

[1982 - 1990]

 

Ná Ozzetti . voz

Zé Miguel Wisnik . piano

Marcelo Jeneci . vibrafone

Sérgio Reze . bateria

Guilherme Kastrup . MPC

Swami Jr . baixo elétrico

Marcio Arantes . sampler

 

----- • -----

 

11 • A NOITE

Zé Miguel Wisnik e Paulo Neves

BX-GTT-15-00011 • 4’20”

 

a noite está começando

e a gente vai deixando

uma luz brilhar

a noite nunca se cansa

por que a gente não dança

até se consumar

a noite tem que poder

calar

tudo muito fundo

para amanhecer

 

[1981]

 

Ná Ozzetti . voz e vocais

Zé Miguel Wisnik . piano e vocais

Sérgio Reze . bateria

Marcio Arantes . voz e vocais, baixo acústico,
guitarra, cuatro, shaker

 

----- • -----

 

12 • SINAIS DE HAIKAIS

Zé Miguel Wisnik e Paulo Leminski

BX-GTT-15-00012 • 2’57”

 

hoje eu acordei mais cedo

e azul

tive uma ideia clara

só existe um segredo

tudo está na cara

 

tudo claro como um raio no azul

tudo dito e nada feito

tudo dito e nada feito 

eu sei

é quase tão perfeito

 

hoje à noite lua alta

faltei

e ninguém sentiu a falta

e ninguém sentiu a falta

eu sei

olho a lua alta

hoje eu acordei mais cedo 

e bemol

tudo estava sustenido

tudo estava sustenido

em sol

só não fazia sentido

 

hoje eu acordei mais cedo

e azul

tive uma ideia clara

só existe um segredo

tudo está na cara

 

[1989]

 

Ná Ozzetti . voz

Zé Miguel Wisnik . piano

Gui Amabis . sampler

Sérgio Reze . bateria

Marcio Arantes . baixo synth e piano preparado

 

----- • -----

 

13 • TUDO VEZES DOIS

Zé Miguel Wisnik

BX-GTT-15-00013 • 5’02”

 

para Suzana Salles

 

quantas mil quimeras

dizem o que sois

quantas primaveras e verões

sabe quantas guerras

e quantas canções

tocam-se no tom de tantos tons?

 

vale quanto voa

quanta voz na voz

soando durantes e depois

quantas vezes duas

tudo vezes dois

fazem quantas luas

quantos sóis?

 

quantas mil esferas

de cristal e sons

voam que nem bolhas de sabões

sabe quantas guerras

quantas ilusões

nascem juntas noutros corações?

vale quanto voa

quanta voz na voz

soando durantes e depois

quantas vezes duas

tudo vezes dois

fazem quantas luas

quantos sóis?

 

quantos sóis e chuvas

tempo que passou

pelo que tu és, pelo que sou

quantas doses duplas

tiros para o gol

quanto choro e quantas horas-show?

 

vale quanto voa

quanta voz na voz

soando durantes e depois

quantas vezes duas

tudo vezes dois

fazem quantas luas

quantos sóis?   

 

[1986]

 

Ná Ozzetti . voz e vocais

Zé Miguel Wisnik . piano e voz

Sérgio Reze . bateria

Marcio Arantes . baixo acústico, guitarras e pandeirola

 

----- • -----

 

14 • LOUVAR

Zé Miguel Wisnik sobre poema de Cacaso

BX-GTT-15-00014 • 3’29”

 

me dá licença de cantar

também de agradecer

coragem pra querer

um verso pra louvar

 

louvar a gente do lugar

louvar quem vai nascer

quem vai permanecer

também quem vai passar

 

e louva a deus

que vou louvar

o dia matinal

a fruta no pomar

a roupa no varal

 

louvar a chuva de criar

a água de beber

o tempo de viver

a casa de morar

 

bem-vinda minha senhora

bendita nossa senhora

bem-vinda minha senhora

bendita

 

[1984]

 

Ná Ozzetti . voz

Zé Miguel Wisnik . piano e voz

Swami Jr . violão